Padre Manuel Luís

O Padre Manuel Luís foi, sem dúvida, uma das mais ilustres figuras portuguesas da segunda metade do século XX, na área da música litúrgica
Nasceu a 8 de Julho de 1926 em Turquel,  Alcobaça.Frequentou os Seminários do Santarém, Almada e Olivais e foi ordenado presbítero em 29 de Junho de 1951.  
Desde novo se dedicou ao gosto pela música, partindo  para o Instituto Pontifício de Música Sacra de Roma, que frequentou durante sete  anos e, pelo qual, foi diplomado em Conto Gregoriano e composição de Musica Sacra. Regressou de Roma, regressou ao Seminário dos Olivais, onde dirigiu o coro polfónico, que tinha também à sua conta o serviço liturgia e música da Sé Patriarcal. De 1969 a 1975 foi pároco de Sé de Lisboa, que anteriormente tinha estado entregue a  seu tio, do mesmo nome, o Cónego Manuel Luís. Desde 1975 foi pároco da paróquia das Mercês na cidade de Lisboa, onde veio a falecer no dia 5 de Julho de 1981.


Obras de P. Manuel Luís
I – Cânticos da Assembleia cristã 
1.        Receberei, ó Deus Eterno (1955)
2.        10 cânticos sobre Salmos ( 1ª ed. 1958)
3.        Eucaristia ( 1.ª ed. 1959 )
4.        Cântico de Gloria ( 1.ª  ed. 1960)
5.        Cânticos Quaresmais ( 1.ª ed. 1967)
6.        Cânticos a Nossa Senhora ( 1.ª ed. 1968). 
II – Cânticos para a Semana Santa e Páscoa (1966)
III – Os Cânticos da Semana Santa e Páscoa
     De colaboração com o P. António Santos ( Edição policopiada; 1971)
IV – Salmos Responsáveis, com acompanhamento, edição policopiada: 
1.        Quaresma e Temo pascal – Ano A ( 1972 )
2.        Quaresma e Temo pascal – Ano B ( 1973 )
3.        Quaresma e Temo pascal – Ano C ( 1971 )
4.        Semana Santa ( 1973) 
V Hinos do Advento , a 2, 3, e 4 vozes, iguais e mistas ( Edição policopiada; 1973) 
VI Salmos Responsáveis e Aclamações ao Evangelho 
1.        Ano A (1.ª ed.  1983; 4.ª ed. 1989 )
2.        Ano B (1.ª ed.  1978;  5.ª ed. 1987 )
3.        Ano C (1.ª ed.  1977;  5.ª ed.  1989)
 
VII Tríduo Pascal ( 1987)

                                                                                              Fonte: http://www.turquel.com/

3 comentários :

  1. GOSTARIA DE OUVIR O SALMO Nº. 138(139), DA SOLENIDADE DE s. JOAO BATISTA, POIS COMO NÃO SEI MUSICA, A PAUTA NÃO ME DIZ NADA. PARA ISSO TENHO O LIVRO DE SALMOS. ONDE POSSO OUVIR ESTE SALMO?

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo, não possuo esse salmo. Já coloquei no blogue um da autoria do Pe. Ferreira dos Santos (http://ocantonaliturgia.blogspot.pt/2012/06/eu-vos-dou-gracas-senhor.html).

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  3. Obrigada caro Simão! É a primeira vez que vi uma foto do Pe. Manuel Luís e li algo sobre a sua biografia, embora tenha já ouvido coisas sobre ele através de pessoas que o conheceram. Eu fui educada na música liturgica na Sé de Lisboa, por descendentes directos do Pe. Manuel Luís, e com todo o espírito musical (assim me parece) dele próprio. Para mim é o melhor compositor português de música para a liturgia. Ao ver esta foto tive este pensamento "ele ainda é mais do que aquilo que eu pensava"!

    ResponderEliminar